Todos os direitos reservados | Tiago Siliprandi Giordani © 2013-2020 | Proibida reprodução comercial sem autorização do artista.

  • TUPAX

(re) ilustração vetorial

Atualizado: 27 de Ago de 2019


Uma boa ilustração pode parecer algo simples. Se esse simples for lido como forma simples ou com traço simplificado estaremos concordando. Mas certamente não significa que fazer uma boa ilustra é fácil. O processo de criação do Le Petit PôA é (re) trabalhoso e começa sempre em uma ilustração à lápis.

O rascunho passa por um processo de refinamento ao ser redesenhado. Ganha definição, cor e formato digital.

Os desenhos originais variam bastante em simplificação de traços porque, às vezes, o mais importante parece ser captar a forma externa (que contém a figura) - além de seus traços essenciais. Vistos assim, esses desenhos parecem mais simples - só um rascunho.


Outras vezes essas ilustrações são de edificações, ou locais com maior quantidade de detalhes. Assim, esses originais parecem mais complexos e ganham mais força enquanto ilustração em si. Algumas figuras se resolvem de forma simples, sem necessariamente precisar ir ao local. Já para outras, que exigem maior compreensão do todo, é necessário estar ali - observando e rascunhando por um par de horas.


Esse rascunho original define questões estruturais da ilustração, como o ângulo da figura, perspectiva, ou planos simultâneos (cima e frente) - típicas dos desenhos da idade média - é uma característica presente em alguns desenhos da série como Jardins do DMAE e Planetário.

Algumas figuras exigiram dois ou três rascunhos antes de desenhar em vetor.

Os rascunhos feitos à mão são o ponto de partida para chegar a outra ilustração totalmente colorida, definida - e digital.


Tupax redesenhando a Escadaria João Manoel a partir do rascunho à lápis

Nesse processo em reiniciar o mesmo desenho dou refinamento a tudo. Defino as cores e detalhes marcantes do local. Mas não há uma fórmula exata para chegar à ilustração final.

Ela fica pronta quando atinge um ponto de representação suficiente para ser lembrada (conhecida, ou reconhecida). Ou, em outras palavras, quando revela o seu simples sem perder sua graça.

O resultado desse processo de refinamento são as ilustras Le Petit PôA.

A série tem hoje quase 40 ilustrações de Porto Alegre.

A ilustra mais simples leva 16 horas até ficar pronta.

As mais complexas chegam a 60.

Até agora já são mais de 1000 horas de ilustração no total da série.

É um caso de amor que tenho com essa cidade.

De tempo em tempo novas figuras surgem.

Saiba mais sobre

as origens do traço

Le Petit PôA

aqui no Blog

29 visualizações